SAÚDE

Prefeitura de Palmas autoriza mais de 200 cirurgias de catarata somente em agosto
Procedimentos oftalmológicos contemplam moradores de Palmas e de mais 37 cidades

A restituição da visão de quem possui catarata, uma das principais doenças responsáveis pela cegueira, tem sido um trabalho contínuo da Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus). Somente em agosto, a Central Municipal de Regulação autorizou, por meio do Sistema de Regulação (Sisreg), a realização de cirurgia de catarata em 215 pacientes. Estão sendo aplicados mais de R$ 600 mil em recursos federais voltados para a oftalmologia, com o objetivo de contemplar com cirurgias moradores de Palmas e residentes de 37 outras cidades que são referenciadas na Capital.

Por meio de recurso de emenda parlamentar de autoria da senadora Katia Abreu, na ordem de R$ 1.893.565,01, de janeiro de 2020 a agosto deste ano, 2.117 cirurgias de catarata foram realizadas. No mesmo período, a Saúde de Palmas fez 11.842 exames e procedimentos oftalmológicos e 3.120 consultas pré e pós-operatórias.

Para o final deste ano e todo o ano de 2022, a Semus prevê realizar cirurgias de catarata em mais 1.180 pessoas não só de Palmas, mas de 39 municípios referenciados. Os procedimentos serão feitos com o recurso de R$ 2.961.672,96, oriundos de emendas parlamentares da senadora Katia Abreu e dos deputados federais Célio Moura e Eli Borges.

 

A doença

A catarata é uma doença dos olhos, que consiste na intransparência parcial ou total do cristalino. Pode ser ocasionada por diversos fatores, porém o envelhecimento é a causa mais recorrente da patologia, que é uma das principais causas de cegueira reversível no mundo. Deste modo, a resolução dos casos da doença é tipificada como uma demanda social relevante para saúde da população, por conta das mudanças que alteram a rotina diária dos cidadãos.

Para ter acesso à cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), os pacientes são encaminhados para cirurgia de catarata após consulta com médico oftalmologista. A porta de entrada é a Atenção Básica que encaminha o paciente para especialista que faz diagnóstico e indica o procedimento. As solicitações de cirurgias são encaminhadas para a Central de Regulação Municipal e autorizada conforme protocolos de regulação.


Participe do nosso grupo do WhatsApp




VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |   01/12/2021 18h41

Palmas - TO
 




SAÚDE  |   01/12/2021 08h23

Palmas - TO
 

SAÚDE  |   30/11/2021 19h00

Palmas - TO