ESTADO

HGP promove campanha em alusão ao Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão
Programação teve início nessa terça, 23 e prossegue até sexta-feira, 26


Lesão por pressão já foi chamada de escara, úlcera de decúbito e úlcera de pressão, depois úlcera por pressão

O Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital Geral de Palmas (HGP) juntamente com o Serviço de Enfermagem Especializado em Prevenção e Tratamento de Lesões de Pele (SEEPT), realizam campanha de divulgação em alusão ao Dia Mundial de Prevenção de Lesões por Pressão, que tem o objetivo de conscientizar sobre o compromisso com a prevenção e educar sobre as boas práticas baseadas em evidências. A ação ocorreu nesta terça-feira 23, nos setores do HGP no período matutino e noturno com informações e sorteio de brindes para os profissionais e dia 26, às 17 horas, na Praia da Graciosa, com entrega de folders informativos e entrega de brindes.

A coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente do HGP, Giselle Pinheiro, explica que a lesão por pressão é conhecida por um dano localizado na pele e nos tecidos subjacentes, geralmente próximas a uma proeminência óssea ou relacionado a um dispositivo médico. “É resultado de intensa pressão por um tempo prolongado ou pressão em combinação com cisalhamento. A tolerância dos tecidos para pressão e cisalhamento podem ser afetadas por microclima, nutrição, perfusão, comorbidades e condição do tecido, de acordo com as organizações que estudam sobre a temática.”

As enfermeiras Morgana Miridan, Valéria Braga, Suely Alves e Cristiane Saldanha, que fazem parte do SEEPT, desenvolvem ações anualmente de educação permanente aos profissionais de saúde, pacientes e cuidadores.

“A redução a lesão por pressão no ambiente hospitalar é uma das seis metas internacionais de Segurança do Paciente da OMS. A medida foi tomada em razão da alta incidência de complicação relacionada a esse tipo de lesão no mundo, que pode ser evitada com medidas simples, mas que ainda é um problema de saúde pública,” ressaltou a enfermeira Morgana Miridan.

Segundo o diretor geral do HGP, Leonardo Toledo, a segurança do paciente tem um papel de suma importância quando se fala em cuidado e assistência segura ao paciente. “Essa ação e importante para prevenção desse evento adverso na nossa Unidade, minimizando os riscos e danos aos pacientes.”


Participe do nosso grupo do WhatsApp




VEJA TAMBÉM