ESTADO

Governo do Tocantins debate recuperação de trechos de rodovias para garantir escoamento da produção agrícola tocantinense
Escoamento da produção agrícola está previsto para ter início em 20 dias

O Governo do Tocantins trabalha na recuperação de vários trechos de rodovias que foram diretamente afetadas pela intensidade e pelo volume de chuvas no Estado, sendo que alguns deles tiveram mais de uma ocorrência causada pelas condições climáticas desse período. Mas, o Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), tem agido rapidamente nesses casos de forma emergencial para minimizar os transtornos aos usuários da malha rodoviária estadual.

E para garantir que caminhões levem produtos de qualidade do campo para a cidade sem contratempos, o titular da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Jaime Café; o presidente da Ageto, Márcio Pinheiro; e o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Tocantins (Aprosoja-TO), Dari Fronza, reuniram-se na manhã dessa quinta-feira, 13, na sede da Ageto, em Palmas. Na oportunidade, foram relacionados e avaliados alguns dos principais trechos rodoviários que precisam ser recuperados de forma emergencial para garantir o escoamento da produção agrícola que está prevista para ter início em 20 dias.

Segundo o presidente da Ageto, o Governo do Tocantins já intensificou obras e reparos em vários pontos críticos, mesmo com as fortes chuvas dos últimos dias. Nas principais rotas de escoamento, próximo a áreas produtoras de grãos e outros gêneros, a recuperação será iniciada o mais breve possível, após levantamento detalhado de cada trecho e em parceria com produtores.

“A eficiência no escoamento da produção agrícola no Tocantins passa pelas boas condições de tráfego das estradas rurais e estudais. Estamos aqui juntos buscando alternativas para colocar em prática um trabalho conjunto e assegurar que trechos com maior tráfego de veículos recebam melhorias”, pontou Jaime Café.

“Temos trechos caóticos e precisamos de intervenções pontuais como, por exemplo, na TO-080 e na TO-235, entre outros”, detalhou o presidente da Aprosoja.

“A melhoria das estradas reflete diretamente no comportamento da economia e o governador Wanderlei Barbosa está atento a esta situação. Ao recuperar acessos de escoamento de produções familiares, estamos contribuindo demais para o desenvolvimento das regiões”, reforçou o secretário Jaime Café.
                                             
Também participaram da reunião produtores associados à Aprosoja, o diretor de Agricultura, Agronegócio e Pecuária da Seagro, José Américo; e a gerente de agrometeorologia da Seagro, Denise Coelho.


Participe do nosso grupo do WhatsApp




VEJA TAMBÉM